Considerações, A. Silva

“A justiça há-de ser para nós amparo criador, consolação e
aproveitamento das forças que andam desviadas; há-de ter por princípio e
por fim o desejo de uma Humanidade melhor; há-de ser forte e criadora;
no seu grau mais alto não a distinguiremos do amor.”

Anúncios

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s